Afinal, o Servidor NAS é um computador?

23/11/2021 18:04

Como já mencionamos por aqui, o Network-Attached Storage ou Servidor NAS é um dispositivo dedicado ao armazenamento de dados em rede, promovendo acesso homogêneo aos dados para os clientes desta rede sem que precisem estar em um mesmo espaço.

Como assim? Explicamos: ele é uma unidade de armazenamento com objetivo de guardar e compartilhar arquivos dos computadores dentro de uma rede local. Desse modo, ele oferece soluções formadas por hardware e software, onde empresas e usuários em geral podem armazenar pastas e arquivos de modo centralizado e, também, contar com recursos avançados para o gerenciamento dos dados armazenados.
Mas, a pergunta que ouvimos muito por aqui é: Servidor NAS é um computador?

Servidor NAS é um computador?

Se você está pensando em um aparelho com teclado, tela etc, não. O NAS não é um computador. Essa dúvida costuma surgir, pois ele é um aparelho que permite que documentos, arquivos, pastas etc sejam compartilhados.
Mas, na verdade, ele está mais para servidor, ou seja, significa que possui uma “base" de computador, com hardware, software, aplicativos, porém, não é um computador comum. O armazenamento de rede conectado é criado por um dispositivo principal - o servidor de armazenamento de dados - que distribui informações para computadores em uma rede. Esta sim, formada por computadores que utilizamos para trabalhar, com teclado, mouse e tela, entendeu?

Servidor NAS não é um computador

O Servidor NAS não deixa de ser parecido com um computador

Ainda assim, o Servidor NAS não deixa de ser parecido, estruturalmente falando, com um computador. Porém, sua função é diferente da que normalmente usamos em nossos computadores, sendo exclusivamente para o armazenamento de dados, com processador, placa-mãe, memória RAM. Apesar de conseguirem executar algumas aplicações e funções de computador, os NAS são servidores que não foram inicialmente desenvolvidos para tarefas computacionais com sistemas populares.

Como dissemos, o Servidor NAS foi desenvolvido para o armazenamento de dados dentro de redes locais e que possibilita o acesso aos arquivos de forma simultânea e sem que estar em um mesmo espaço. Logo, sua estrutura costuma ser mais robusta do que um computador, porém com recursos diferentes e que são necessários para o tipo de trabalho que eles fazem, tendo softwares contra falhas em HDs, além de ferramentas para gravar, compartilhar e gerenciar dados com controle avançado dos acessos feitos pelos usuários.

Como podemos concluir, mesmo não podendo ser considerado um computador tradicional, o Servidor NAS realiza tarefas de extrema importância e precisam estar ligados ao computador. O Servidor NAS é muito relevante para todos os tipos de locais que não podem depender de arquivos gravados apenas nos computadores ou apenas compartilhar dados via internet. Muitas adversidades podem acontecer e, é melhor evitar, não é mesmo?!

Veja também: 5 motivos para você usar um NAS para armazenar os seus arquivos

Se você ainda tem dúvidas sobre esse equipamento ou quer fazer um orçamento, nossa equipe é especializada em NAS e está pronta para te atender. Chame agora pelo WhatsApp.

Fotos: Unsplash

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
Categorias: