Como a criptografia de um NAS Storage pode ajudar sua empresa

24/06/2022 13:58

A segurança do armazenamento de dados e arquivos é tão importante agora como sempre foi. Ainda mais com a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) em vigência, essa segurança é mais do que necessária. A criptografia é uma maneira de tornar os NAS Storages mais seguros contra ameaças como ransomware e hackers.

A criptografia garante a integridade dos dados usando algoritmos e resumos de mensagens de ponta-a-ponta. Ao fornecer códigos e chaves digitais para garantir que o arquivo recebido é verdadeiro e pertence ao remetente pretendido, o receptor tem a garantia de que os dados não foram adulterados durante a transmissão e que são confiáveis para abertura.

Como a criptografia de um NAS Storage pode ajudar sua empresa

O que é criptografia?

Usando uma explicação simplificada, a criptografia transforma nossos arquivos, dados e mensagens que estão em palavras em uma outra forma, não com palavras reconhecíveis. Desta forma, sua transmissão é feita em um formato diferente e torna-se normal novamente quando em posse do receptor correto.

A criptografia é uma das formas mais eficazes e seguras de proteger dados em armazenamento conectado à rede, como é o caso do NAS Storage. Mesmo que algum criminoso consiga obter acesso às unidades ou interceptem as mensagens e formas de comunicação, a criptografia torna os dados ilegíveis para qualquer pessoa que não tenha a chave criptográfica, garantindo que nada seja vazado ou suma da rede.

A criptografia é uma forma assertiva e funcional de impedir que indivíduos não autorizados tenham acesso a dados confidenciais estejam eles arquivados ou sendo utilizados. Os dados podem incluir arquivos, vídeos, números de cartão de crédito, propriedade intelectual, registros médicos, informações de identificação pessoal (PII) ou outros tipos de dados, documentos confidenciais e muito mais.

Sem criptografia, os dados ficam apenas armazenados e são transmitidos como texto não protegido, podendo ser acessados e lidos por qualquer pessoa que intercepte comunicações ou obtenha acesso aos drives. Cabe lembrar que o NAS Storage também compartilha a mesma rede interna com outros dispositivos e tráfego. Esses sistemas incluem computadores, impressoras, smartphones, tablets e dispositivos IoT.

A criptografia NAS pode parecer um processo complexo e, se feito incorretamente, pode colocar dados confidenciais em risco. Mas, quando feita corretamente facilita o trabalho de todos além de deixar mais seguro.

Separamos aqui algumas práticas recomendadas:

Identifique o que deseja criptografar

Nem tudo é necessário ser criptografado, apenas os dados que precisam de mais proteção ou são regulamentados por códigos. Por isso, priorize os dados com base em seus requisitos de confidencialidade e com a LGPD. Para ajudar nesta organização, priorize os dados que teriam grande repercussão ou gerariam problemas caso fossem vazados ou perdidos. Para garantir melhor criptografia e descriptografia, verifique se o NAS Storage possui um acelerador criptográfico.

Criptografe dados confidenciais em repouso ou movimento

Os dados em repouso são aqueles armazenados no NAS Storage, em oposição aos dados transmitidos entre os terminais. Isso não impede que as cópias dos dados sejam transmitidas, mas os próprios dados principais são mantidos no armazenamento NAS.

Com a criptografia, o NAS Storage consegue proteger dados confidenciais contra acesso não autorizado, mesmo se os arquivos não estiverem sendo usados ou se o dispositivo for roubado ou sofrer algum acidente. Lembre-se de certificar-se de que os módulos criptográficos usados para as operações de criptografia e descriptografia tenham sido validados em relação a padrões reconhecidos. Outro ponto importante é saber se a criptografia é escalonável conforme necessário com pouca interrupção nas operações.

Já os dados em movimento, são aqueles mais suscetíveis a ameaças como espionagem, hackeamentos e sequestros. Se esses dados não estiverem criptografados, cybercriminosos podem acessar informações confidenciais transmitidas entre o NAS Storage e outros sistemas, mesmo outros dispositivos NAS.

Por isso, é muito importante criptografar todos os dados confidenciais transmitidos “de um” ou “para um” NAS Storage. Além de ter sempre seus dados acessíveis e de fácil transmissão, com o NAS Storage você consegue uma camada extra de segurança.

A criptografia dentro do NAS Storage é especialmente importante para arquivos que vão além do domínio protegido da organização, ao criptografar dados em movimento com protocolos padrão, fechar todas as portas não utilizadas no dispositivo NAS e incluir as informações confidenciais, como backups e dados replicados você saberá que seus arquivos estão muito mais seguros.

VEJA TAMBÉM: 5 dicas para escolher o Storage NAS ideal

Como a criptografia de um NAS Storage pode ajudar sua empresa

Outras criptografias importantes

O uso de redes privadas virtuais, como VPN fornece conexão criptografada, ocultando detalhes sobre a sessão e adicionando uma camada extra de proteção para sistemas que se comunicam remotamente com dispositivos NAS. Como a VPN oculta a identidade e a atividade online do usuário, é mais difícil para os hackers roubarem dados ou comprometer sistemas.

Uso de gerenciamento centralizado de chaves, a maioria das abordagens de criptografia depende de chaves criptográficas para criptografar e descriptografar os dados. Por isso, integre o gerenciamento de chaves à estratégia de criptografia dentro do NAS.

Essas são apenas algumas práticas que o NAS Storage permite que você faça e que tornam seu gerenciamento muito mais seguro, além de ficar sempre disponível e com os arquivos organizados e em mãos.

Quer saber qual o NAS Storage mais adequado para a sua empresa? Converse agora com a equipe da FourServ através do WhatsApp!

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
Categorias: