Nuvem Privada e Pública: A grande verdade sobre elas

01/02/2021 18:52

Quem aí se lembra da época em que precisávamos carregar pen-drive para todos os lados? Se perdíamos o nosso, o caos estava instalado! Significava que diversos documentos também haviam sumido. Logo, veio a mais alta tecnologia que segue sendo utilizada por todos: a nuvem, ou como utilizada em inglês, a cloud!

Com este tipo de tecnologia, foi possível armazenar todos os arquivos em um mesmo espaço e compartilhar de forma segura e garantida. Colocar seus arquivos, programas, backup, ou rede em nuvem, é uma forma de facilitar o compartilhamento com quem precisa usar.

Os arquivos quando estão em nuvem tornam-se muito mais acessíveis e fáceis de serem compartilhados. Pois, as pessoas não precisam necessariamente estar no mesmo local onde esses arquivos estão armazenados, por isso, o limite geográfico ou de espaço de e-mail não precisa ser mais uma preocupação da rotina.

Os serviços em nuvem permitem que uma empresa ou trabalhador autônomo compartilhem a sua rede com outras pessoas sem interferências nas permissões dos usuários da rede.

Unsplash

Segurança na hospedagem

Outra vantagem do uso de nuvens é a sua segurança. Uma vez que, todos os seus arquivos ficam imunes à acidentes como enchentes, incêndios, falta de energia, etc. Caso algum desses incidentes aconteça, seus arquivos seguem seguros na nuvem.

Os serviços em nuvem também são mais seguros, pois seus servidores estão localizados em regiões geográficas há milhares de quilômetros umas das outras.

Porém, existem tipos de nuvem: a pública e a privada e nós te explicamos agora suas diferenças!

Unsplash

A nuvem pública

O modelo de nuvem pública é um dos mais comuns na implantação deste tipo de servidor. O provedor tem seus servidores próprios para alocar dados, softwares e sistemas de forma independente e isolada.

Os servidores e armazenamento são ligados a provedor terceirizado e distribuídos e entregues via internet. Um dos maiores problemas é que a infraestrutura da nuvem pública é partilhada. Sendo assim, ela tem limitações, seja no espaço livre para arquivamento de dados, seja, por ser dividida com outras empresas, o que pode causar alguns problemas de privacidade, partilhamento de links sem um controle rígido dos dados, etc.

Unsplash

A nuvem privada

O modelo de nuvem privada é algo personalizado e feito por meio de recursos que atendem exclusivamente às necessidades de quem está contratando o serviço. Ela pode ser implementada de modo interno, o que normalmente é feito, com o objetivo de compartilhar arquivos e programas em um mesmo servidor centralizado para diversos locais.

Na nuvem privada, os serviços e a infraestrutura são mantidos na rede privada e o hardware e o software são utilizados exclusivamente para um serviço contratado. Assim, são atendidos requisitos e necessidades específicas. Tudo é executado e planejado para aquele tipo de contratação feita.

O intuito de usar a nuvem privada é melhorar e manter o controle sobre o ambiente, arquivos, programas e seu compartilhamento. Quem contrata, consegue supervisionar o gerenciamento, a manutenção e a operação desta.  A exclusividade no arquivamento e compartilhamento garantem a segurança e o trabalho bem feito dos arquivos. Os usuários podem acessar à nuvem privada pela intranet da empresa ou por uma rede virtual privada (VPN, pela sigla em inglês).

Unsplash

Por que usar uma nuvem privada?

Algumas vantagens da nuvem privada:

Atendimento de necessidades específicas de segurança ou conformidade: Dependendo do tipo de serviço, se tiver requisitos de conformidade normativa, uma nuvem privada para fins de conformidade. Ou, então, o que é mais utilizado, para armazenamento de arquivos e dados confidenciais, buscando maior controle sobre a segurança.

Conhecimento técnico:

Para montar uma nuvem privada é necessário um nível mais alto de conhecimento e técnica, por isso, quem contrata uma, confia confiam em suas habilidades técnicas estão bem posicionadas para aproveitar a nuvem privada.

Economia de custo em longo prazo:

O investimento inicial dará retorno rapidamente, pois uma nuvem privada pode ser muito mais econômica quando comparada com o pagamento de taxas mensais para uso de servidores de terceiros na nuvem pública.

Custos previsíveis:

os gastos com uma nuvem pública são imprevisíveis. Já na nuvem privada, os custos não sofrem alterações, independentemente das cargas de trabalho executadas.

Melhor personalização:

O controle sobre a nuvem privada, facilita o realocamento de recursos e personalização para tarefas específicas de acordo com as necessidades do usuário. Os responsáveis pelo TI acessam todos os níveis de configurações no ambiente de nuvem privada, sem sofrer com limitações de políticas dos provedores de serviços de nuvem pública.

Está vendo, a nuvem privada é muito mais vantagem! Pra que ficar refém de políticas de privacidade alheias e pagamento mensal quando você pode ter tudo personalizado!?

A FourServ é revendedora oficial de diversos fabricantes de Storages NAS, que possibilitam a criação de nuvens privadas. Clique aqui e conheça alguns modelos!

Fotos: unsplash

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
Categorias: