Switch PoE: Saiba escolher corretamente um switch com essa função

13/04/2021 11:58

A alta demanda por dispositivos de mobilidade e aplicativos de nuvem elevaram a necessidade de banda larga integral. Novos formatos e padrões wireless mais rápidos proporcionam acesso rápido e com alta velocidade, permitindo que o usuário e que dispositivos IoT transmitam e recebam dados de forma eficiente. Mas, é necessário pensar: sua atual estrutura sem fio comporta toda a carga que você necessita?

Se a resposta for não, você pode precisar planejar um upgrade em sua rede com fio. Inúmeros dispositivos, como telefones VoIP, pontos de acesso WLAN e câmeras de vídeo com IP, que são conectados aos switches de acesso, podem ser ligados através de um único cabo com a tecnologia PoE.

Para isto, precisa determinar quais switches atendem exatamente o que você precisa. Aqui, te damos algumas informações essenciais para o momento da escolha.

Switches PoE

O que é PoE?

PoE  é uma tecnologia que significa Power over Ethernet, ela significa que com o cabo de rede você terá a possibilidade de alimentar um dispositivo com energia e transmissão de dados através de uma mesma porta de switch. Essa tecnologia surgiu em 2003 com o nome de IEEE 802.3af-2003, publicada no documento Data Terminal Equipament (DTE), Power via Media Dependent Interface (MDI).

O switch PoE é responsável pelo fornecimento de energia elétrica para alimentar os equipamentos nele conectados, sejam telefones IP, câmeras, IP, sensores, etc. Seus usos mais comuns na rotina são: soluções de VoIP para evitar que os telefones IP precisem de alimentação de fonte externa; soluções de Wi-Fi em que os aparelhos estão fixados em locais altos sem acesso a tomadas; soluções de videomonitoramento com câmeras IP, etc.

Devemos lembrar que um equipamento com PoE (padrão) fornece energia de até 15,4W por porta, por isso, ao pensar na sua necessidade é válido verificar se os equipamentos que serão ligados no PoE exigem mais do que o Switch é capaz de fornecer. A ideia dessa tecnologia é permitir que através do mesmo cabo de rede utilizado para a transmissão de dados, também seja possível alimentar/energizar outro dispositivo, por isso, dimensione bem a sua necessidade.

Ao longo dos anos, o PoE foi se desenvolvendo e atualmente existem diversos padrões com diferentes capacidades para alimentar dispositivos PD (Powered Device). A maior vantagem de usar soluções de acordo com os padrões da indústria é que a tecnologia PoE é ativa, ou seja, ocorre um processo automático de negociação entre as partes antes do PSE (Power Sourcing Equipment) energizar o PD com a quantidade de energia requerida.

Com os avanços e modernização do protocolo Ethernet para dados, sons, imagens e controles, padronizou-se, também, a alimentação elétrica remota por meio deste protocolo. Tal técnica de alimentação elétrica através de ligações de comunicação Ethernet por cabos de pares trançados ficou conhecida como PoE. A versão posterior recebe o nome de PoE+ (PoE Plus) e surgiu em 2009, com o padrão IEEE 802.3at, podendo fornecer ainda mais energia por porta, atingindo até 30W por porta. Quase o dobro do PoE, permitindo ter equipamentos mais robustos.

Vantagens dos Switches PoE

 Agora vamos falar as vantagens de ter a alimentação elétrica ao dispositivo final remotamente por meio de cabo de comunicação:         

- Evitar o uso de tomada elétrica ao lado de cada dispositivo e distribuição de cabos e sua proteção;

- Evitar a instalação de fontes de energia individuais para cada dispositivo, o que contribui para menor eficiência e mais pontos de falha em relação a ter uma fonte centralizada;

- Possibilidade de conectar todos os dispositivos com energia de backup de maneira centralizada;

- Segurança na distribuição de energia - corrente contínua, a tensões usualmente menores que 50V, é mais segura.

Características do PoE

Ambos os padrões de PoE possuem algumas características básicas em comum. São elas:

- Dois pares do cabo para alimentação em corrente contínua;

- O ligamento deve ter 100m ou menos de cabo de par trançado, com componentes e topologia compatíveis com as normas de cabeamento estruturado (tais como ISO/IEC 11801, ABNT/NBR 14565 e ANSI/TIA-568);

- O equipamento que energiza o cabo chama-se Power Sourcing Equipment (PSE);

- O equipamento energizado (telefone, câmera, ponto de acesso Wi-Fi etc.) é chamado de Powered Device (PD).

Além da tecnologia PoE oferecer maior praticidade, ela também resulta em barateamento do custo de instalação já que utiliza o cabeamento existente eliminando boa parte da complexidade da infraestrutura.

O PoE é uma tecnologia em expansão, oferecendo potencial de alterar a maneira como os dispositivos são conectados e distribuídos nos edifícios comerciais, tornando as instalações padronizadas, simples, ágeis e seguras.

Procurando um Switch PoE de qualidade? A FourServ tem o ideal para você! Fale conosco agora pelo WhatsApp e converse com um especialista.

Fotos: Unsplash

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
Categorias: